.mais sobre nós

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Finalmente a ESPAA está n...

. Segunda do Algarve e 106ª...

. MAIS UM ANO COMEÇOU

. A ESCOLA FOI DE NOVO A VO...

. E SE FOSSEMOS JANTAR FORA...

. É O QUE ACONTECE...

. CONTRA O INSUCESSO

. AVALIAÇÃO?!

. COMUNIDADE ESCOLAR

. A CULTURA DO "PERFIL"

. MANIFESTO ELEITORAL DA LI...

. O INÍCIO

. ELEIÇÕES NA ESPAA

.arquivos

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.Musica

.Ilustres Visitantes

Free Counters
Free Counter
blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 16 de Novembro de 2008

Finalmente a ESPAA está no mapa!

(listagem de todas as escolas a desencadear processos tendentes à suspensão deste modelo de avaliação de professores em http://www.fenprof.pt/?aba=27&cat=266&doc=3765&mid=115)

 

82% foi a expressiva adesão dos professores da ESPAA a uma petição visando o esclarecimento, por parte da tutela, de uma série de questões fulcrais em termos de legalidade e de implementação nas escolas deste modelo de avaliação dos docentes.

 

Os signatários da petição comprometeram-se, de acordo com a redacção da mesma, a suspender todos os procedimentos tendentes à avaliação enquanto não for dada à escola cabal resposta às questões colocadas.

 

O documento foi enviado por correio, via serviços administrativos da escola, na passada sexta-feira, dia 14/11, para o gabinete da Srª Ministra da Educação, seguindo os restantes exemplares na próxima segunda-feira, para as restantes entidades.

 

publicado por mudardevidanaespaa às 20:55

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2008

Segunda do Algarve e 106ª a nível nacional!

(entre 608 estabelecimentos de ensino secundário público e privado)

 

Excerto do ranking:

 

 

(…)

50ª- Colégio Internacional de Vilamoura

(…)

106ª- ESPAA

(…)

116ª- Escola Secundária Júlio Dantas-Lagos

 

(...)

213ª- Escola Secundária João de Deus-Faro

(…)

243ª- Escola Secundária Manuel Teixeira Gomes- Portimão

(…)

256ª- Escola Internacional do Algarve

(…)

298ª- Escola Secundária Pinheiro Rosa-Faro

(…)

343ª- Escola Secundária Tomás Cabreira-Faro

(…)

345ª- Escola Secundária Padre António Martins Oliveira (Lagoa)

(…)

483ª- Escola Secundária de Silves

(…)

 

 

Independentemente dos juízos de valor que se possam, e devam fazer, acerca de leituras da qualidade de ensino ministrada nas escolas a partir de um ranking de classificações de exame e que “tudo mete no mesmo saco”, atrevemo-nos às seguintes análises para a nossa realidade enquanto escola portuguesa, algarvia e portimonense:

 

·       106ª a nível nacional, num universo de 608 escolas;

 

·       2ª escola ao nível do Algarve;

 

·       1ª escola de Portimão;

 

·       Melhoria de 6 posições no ranking de escolas, relativamente ao ano anterior.

 

Enquanto professores da ESPAA, congratulamo-nos e parabenizamos toda a comunidade escolar por estes resultados, apesar das convulsões internas ao nível da gestão da escola.

 

Só o elevado profissionalismo dos professores e funcionários desta casa possibilitaram estes resultados, na medida em que sempre se empenharam na sua verdadeira função -a de ensinar e proporcionar as melhores condições aos alunos para o prosseguimento dos seus estudos!

 

Link para rankings

 

   

 

publicado por mudardevidanaespaa às 22:15

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 3 de Outubro de 2008

MAIS UM ANO COMEÇOU

 

 

 

 

 

 

Que importa perder a vida

em luta contra a traição,

se a Razão mesmo vencida,

não deixa de ser razão.

 

São parvos, não rias deles,

deixa-os ser, que não são sós:

Às vezes rimos daqueles,

que valem mais do que nós.

 

Julgando um dever cumprir,

sem descer no meu critério,

Digo verdades a rir

Aos que me mentem a sério!

António Aleixo

publicado por mudardevidanaespaa às 07:07

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

A ESCOLA FOI DE NOVO A VOTOS…

 

A Escola Secundária Poeta António Aleixo foi de novo a Votos.

 

A Escola Secundária Poeta António Aleixo foi de novo a Votos e a Democracia ganhou mais uma vez.

 

A Democracia ganhou porque o plenário de votantes soube aproveitar mais uma oportunidade para demonstrar que quer participar, quer ser ouvido e quer dizer que está presente.

 

Quer exteriorizar que cresceu…,

Quer exteriorizar que amadureceu com uma capacidade para opinar e desejar protagonismo para a decisão do seu futuro.

 

Os 120 docentes que votaram sabem que podem emitir uma opinião que será respeitada no quadro das novas decisões que se aproximam.

 

Os primeiros parabéns são endereçados a toda a Comunidade que votou e à sua atitude de consciência da importância do seu voto.  

 

No caso concreto da votação específica dos Docentes, mais uma vez a Lista B foi referendada com a maioria dos votos e com a possibilidade de preencher quatro mandatos no futuro Conselho Geral Transitório.

 

 Quer queiramos, quer não, o sinal do desejo de mudança qualitativa para a Instituição continua a ser dado…, e só não o vê…, quem não quer ver!

 

Depois é de bom tom, e cordial até, endereçar também saudações aos docentes que disputaram o espectro eleitoral e a possibilidade de preencher os mandatos no referido Órgão transitório.

 

 Para todos eles, a nossa Saudação, pela cordialidade relacional que caracterizou este momento de disputa eleitoral e a certeza que hoje, dia 19 de Junho, continuamos todos a pertencer à mesma família da ESPAA e, certamente, a pugnar pelos mesmos objectivos para a Instituição.

 

Os objectivos podem e devem ser os mesmos, mas também é correcto afirmar que a forma de os alcançar podem ser diversos.

 

Há algo que nos identifica…, mas também existe algo que nos continua a diferenciar.

 

Acreditamos que foi isso que nos separou, mas também é justo afirmar que é a partir dessa diversidade que se criam condições para a construção de verdadeiros projectos de saudável partilha e compromisso …, e nisso a ESPAA ainda tem muito caminho a desbravar e a aprender.

 

A ESPAA amadureceu como entidade votante e participante, falta amadurecer como entidade operante, tolerante e compreensiva.

 

Mas isso é um projecto que deve ser de todos os que diariamente fazem da ESPAA o seu local de trabalho e, para isso, continuamos assumir a nossa convicção em trabalhar em prol da Escola.

 Mas a Escola ainda ganhou muito mais!!

É bom lembrar que uma instituição democrática madura nunca se esquece da importância deste tipo de contributos!

 

Depois os Alunos!

Sem os quais nós não seríamos necessários!

Também fizeram ouvir a sua voz e votaram num momento importante para toda a Instituição.

 

Foi importante que isso acontecesse…, e também será importante que continuem a opinar no futuro Conselho Geral Transitório.

 

A CASA é deles e para eles…, que saibam defendê-la e dignificá-la em projectos de respeito mútuo, partilha e sã convivência.

 

Por último, uma palavra de apreço para os Encarregados de educação, para os membros da Comunidade e para os representantes da Edilidade.

 

A confirmação que contamos com a sua participação e colaboração neste projecto de construção de uma nova Escola, com um novo processo de gestão, tendencialmente mais democrático e participado.

 

Votos de bom e produtivo trabalho! 

           

 

publicado por mudardevidanaespaa às 06:26

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Junho de 2008

E SE FOSSEMOS JANTAR FORA?

  

 

MONUMENTAL CARACOLADA DA ESPAA

Aceitam-se pré-inscrições até dia 13 para uma caracolada de desagravo, a realizar na Tasca do Carrapeta.

 

Dêem o nome no sítio habitual de inscrições para estes petiscos.

 

Levem o bico da piteira.

 

Para não prejudicar outras  comezainas, para terem uma mesa compostinha, que não envergonhe, a data da MONUMENTAL CARACOLADA  será  afixada nos locais habituais.

 

No final do jantar, para dar um toque de classe, vamos todos a um dos lugares mais caros de Portimão...

 

Que tal a bomba da GALP?

 

 

Malta já confirmada

(Apressem-se a dar os nomes, tal é a qualidade dos já inscritos)

 

 

- Capitão Moura

- Representante das Mães de Bragança

- Repórter do Borda d'Água

- Gertrudes Caliço

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por mudardevidanaespaa às 22:58

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

É O QUE ACONTECE...

In blog Anomalias

 

A arte de Mário Viegas em rifão popular. Que nos sirva a todos...

(não esquecer de desligar a música na coluna da esquerda)

 

 

publicado por mudardevidanaespaa às 10:34

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 3 de Maio de 2008

CONTRA O INSUCESSO

Os novos professores,  sempre no combate ao insucesso escolar 

 

 in http:// movimento de professoresrevoltadosblogspot.com, consultado em 2/5/2008

publicado por mudardevidanaespaa às 16:53

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Abril de 2008

AVALIAÇÃO?!

A  AVALIAÇÃO PROPOSTA PELO ME JÁ INSULTOU E INDIGNOU OS PROFS!

POR QUE NÃO DIVERTI-LOS TAMBÉM?

(clique sobre a imagem, para melhor a visualizar)

 

     in Blog de Ramiro Marques, consultado em 13/4/2008

  

 

 

publicado por mudardevidanaespaa às 10:47

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

COMUNIDADE ESCOLAR

A toda a Comunidade Escolar da ESPAA

 

Quando o projecto de e para a escola da Lista B nasceu, dois dos seus alicerces foram a importância da Partilha e do Comprometimento.

Na sequência de passos que pensamos contribuir para o reforço do decisivo espírito democrático de toda a Comunidade Escolar – o aparecimento de uma lista alternativa, a sua aceitação legal e o consequente clima de reflexão que caracterizou a campanha eleitoral -, obtivemos um resultado eleitoral que legitima a Lista B para o exercício da administração da ESPAA.

As primeiras palavras de cordialidade e cumprimento democráticos são endereçadas à lista nossa “opositora”, cujos membros tiveram uma postura de prestabilidade e colaboração para com a lista que lhes disputava a capacidade de legitimação para a administração e gestão dos destinos da ESPAA.

Fomos, somos e seremos colegas de profissão e gostaríamos de continuar a amizade e colaboração que se foi construtivamente reforçando ao longo dos anos.

Uma palavra de estima para a Isabel, para a Teresa, para a Lurdes, para a Fátima e para o Tierri.

A forma de vermos a política e assumirmos a democracia leva-nos a realçar a sua competência e a reconhecer que o nosso trabalho será, certamente, resultado da natural evolução, sempre mutável e com roupagens diferentes, face à sua especificidade administrativa.  

 

Depois, a grande palavra de reconhecimento é endereçada a todos aqueles – alunos, colegas professores, funcionários administrativos, auxiliares de acção educativa, funcionários da cozinha e encarregados de educação - que consideraram e validaram a nossa proposta outorgando-nos a possibilidade de gerir a nossa escola nos próximos tempos.

Teremos sempre presente que a nossa legitimidade fundamenta-se a partir de todos vós. Devemos-lhes essa condição!

Uma palavra também de agradecimento para a comissão de apreciação das candidaturas da Assembleia de escola e para todos os nossos colegas professores, funcionários, alunos e encarregados de educação que asseguraram o correcto funcionamento da assembleia eleitoral .

Um sincero obrigado pela confiança depositada em nós!

Seremos depositários das vossas expectativas, interesses e desejos.

Neste momento, tal como foi dito na campanha, só podemos prometer trabalho e que cada iniciativa de decisão terá em conta os valores mais caros da respeitabilidade e do humanismo.

Nisso seremos os primeiros a pautar as nossas condutas…; e se algum dia isso não acontecer… agradecemos que nos digam frontalmente para podermos mudar.

A mudança da Escola para melhor só será possível com a colaboração de todos…, mas mesmo de todos.

A campanha eleitoral finalizou, as ideias e os argumentos construtivos, e até opostos, podem e devem continuar a existir, o nosso trajecto comum só será traçado se podermos contar com o contributo e colaboração de todos.

 Algumas das ideias que suportam este projecto de liderança serão certamente diferentes…, mas todas elas podem ser enriquecidas com os contributos de cada um dos professores dos vários departamentos, de cada funcionário – seja auxiliar de acção educativa, administrativo, de manutenção ou da área da cozinha -, com os alunos e com os encarregados de educação.

A ESPAA tem um trajecto de qualidade reconhecida e nós somos uma nova equipa que vai procurar - com legitimidade, com projecto, em articulação com todos intervenientes e num clima de desejada inter-acção com todos os intervenientes da e na escola - contribuir para o reforço do caminho de dignidade, seriedade e qualidade relacional, como alicerces do sucesso educativo dos nossos alunos e do bem-estar sócio-profissional de todos nós.

 

Continuaremos a pensar que Educar e Formar só mesmo em Partilha e Comprometimento.

Partilhar com todos o que é de todos e para todos…

Comprometimento para com as pessoas que acreditam e pugnam diariamente pelos seus alunos.

 

Uma honesta saudação para “todos os que são da ESPAA”.

Em tempos de evidentes dificuldades, em que os professores têm que continuar unidos para as ultrapassar …, reforçamos a ideia que é uma honra vestir a camisola da ESPAA.

Um Bem haja para todos!

Lista B.

Luis Filipe Pereira Dantas, José Carlos Camilo e José António Lopes Jorge.

 

publicado por mudardevidanaespaa às 16:33

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Março de 2008

A CULTURA DO "PERFIL"

Um destes dias ouvi o resultado de um estudo que colocava os professores em primeiro lugar no “ranking de confiança” dos Portugueses, com uma percentagem de 42% de aceitação, face às forças de segurança, ao pessoal da saúde ou até aos políticos, ocupando estes o último lugar dessa listagem.

 

Penso que não se deve colocar em causa a dignidade e importância das outras profissões, pois todas elas têm a sua função social, e muito menos devemos ser ingénuos sobre os “timings” com que alguns estudos são difundidos. Mas este ranking pode, pelo menos, suscitar a importância do reconhecimento de um grupo socioprofissional que nos últimos tempos tem sido desvalorizado.

 

Concordo com a criação de medidas destinadas a moralizar algumas práticas dos docentes, penso que se justifica avaliar os docentes, reconhecendo e promovendo as competências de uns e detectando e especificando as necessidades de melhoria de outros; provavelmente até se pode justificar a definição de um novo modelo de gestão para as escolas, mas penso que tudo deve ser feito em sintonia com os interessados.

 

O Sistema quer Fazer - congratulemo-nos com isso, pois é uma necessidade - , mas parece não o saber fazer, ou pelo menos, não consegue ter uma atitude de necessária informação a acompanhar os  seus “outputs”, quando estes chegam ao “meio”. Numa linguagem sistémica, é como se o “meio”, e os seus agentes, não tivessem sido preparados para os receber, e muito menos estivessem predispostos para essa entrada. O resultado final, é o grande fluxo de informação e exigência destinadas aos vários sistemas locais, com a possibilidade do próprio Sistema não obter resposta(s) e entrar em colapso, deixando de merecer credibilidade ou conseguir eficácia.

 

O que é curioso é que as escolas, elementos constituintes do grande Sistema, funcionando como destinatários daqueles “outputs”, parecem andar à deriva nesta ondulação e, nalguns casos, o espírito de conformismo com a lei, não lhes permitem assumir uma atitude de crítica construtiva ou de procura de alternativas minimizadoras do impacto; ou seja, sem se aperceberem, contribuem para a tensão do seu micro-sistema e para a carga do grande Sistema. A solução pode estar no conseguir funcionar como um filtro à tensão que vem do exterior, apostando numa forte dimensão humana e relacional, como contraponto,ou contra-tensão, procurando diluir a carga algo indefinida, embora impositiva, destinada aos vários micro-sistemas locais.

É este o desafio que vai permitir ver quem tem ou não perfil para gerir este novo conjunto de “exigências” impostas pelo Sistema. Ter perfil não é apenas ser da nossa simpatia ou pensar e agir como nós. Ter perfil, deverá ser o reconhecimento das capacidades de alguém que se comprova ser a melhor opção para resolver os problemas mais prioritários que se colocam ao micro-sistema, num dado momento.

 

Um destes dias, uma colega, ao comparar-me com outro professor, afirmou que éramos pessoas com perfis diferentes. Fiquei curioso e apreensivo. Curioso pelo tipo de informação que tinha recolhido e pela linha analítica seguida que lhe permitia fazer uma afirmação desta natureza, com tanta segurança. Apreensivo porque, no fim de contas, era a exteriorização da prática que domina as nossas escolas, com a definição de perfis feita de forma apriorística e, certamente, até com alguma falta de rigor.

 

A cultura do perfil destas instituições, revela-se pois altamente falaciosa porque, sendo de aba alarga, permite albergar o conjunto de amigos que pensam como nós, “simpatias” que agem como nós e competências que se pretende que se nivelem com as nossas.

 

Depois, existem aqueles que até podem ter competência, mas que não comungando do mesmo ideário dos que estão instalados no poder, vêm o seu perfil como algo que dificilmente é reconhecido.

 

 Neste sentido, é oportuno destacar a importância do criterioso reconhecimento e gestão dos “perfis” de todos, como requisito nuclear num “Macro-ambiente” que, nos próximos tempos, aumentará o seu índice de carga e tensão sistémicas.

 

Nessa ocasião, todos os professores terão que ser solidários, pautando a sua prática pelos valores do humanismo…, terão que conseguir pensar, sentir e agir como professores,terão que evitar as prepotências locais, os excessos legalistas ou a luta maquiavélica pelo poder. Só assim, num próximo ranking, poderemos continuar a merecer a confiança daqueles para quem trabalhamos.

                                                                            

tags:
publicado por mudardevidanaespaa às 14:36

link do post | comentar | favorito
|

MANIFESTO ELEITORAL DA LISTA B

LISTA B

“ Educar e Formar em Partilha e Comprometimento”

 

 CONTEXTO DE APARECIMENTO DA LISTA B

Alguns dos ideais e pressupostos que motivam a nossa presença neste projecto de partilha e comprometimento, é o facto de pensarmos que para que uma Escola funcione devem existir, para além da competência, harmonia, partilha das responsabilidades e reconhecimento do trabalho de todos os actores.

O segredo da entrega na realização de qualquer actividade tem por base a motivação de a realizar e o prazer que retiramos dela. Naturalmente, que tal desejo só pode ser alcançado se pudermos operacionalizar as nossas intenções.

 Não ignoramos que a actual conjuntura condiciona o desempenho das funções a que nos candidatamos, mas essas dificuldades são mais um teste e desafio em que a nossa perseverança e determinação, - juntamente com a de todos os nossos colegas, professores nesta escola, a que se juntam os funcionários administrativos e auxiliares de acção educativa - permitam desempenhar um papel determinante, no sentido de contribuir para o fomento de um ensino de qualidade e para a valorização do papel de todos aqueles que intervêm quotidianamente na nossa Escola.

 

 

 

MANIFESTO ELEITORAL

 

Preâmbulo:

 

A lista B emerge de um movimento gerado no interior da Escola Secundária Poeta António Aleixo, com a intenção de colocar a Comunidade Educativa da ESPAA perante a possibilidade da alternativa de gestão e o desejo de gestação de um processo de decisão mais partilhado e comprometido.

 

 

A Lista B assume o compromisso de:

 

Contribuir para a melhoria do Clima de Escola, como factor de satisfação e realização individuais e de concretização do projecto colectivo da Escola.

 

Destacar e Valorizar a audição das aspirações, desejos e necessidades de toda a comunidade escolar, professores, alunos, funcionários e encarregados de educação, como requisito de um processo de decisão mais partilhado e comprometido.

 

Revalorizar e Redignificar a função do professor de sala de aula.

 

Funcionar como intermediário atempado e eficaz com os orgãos da tutela, visando a satisfação das necessidades de todos os protagonistas da Comunidade Escolar.

 

Destacar a boa imagem da Escola existente junto da Comunidade, como produto do trabalho da generalidade dos intervenientes. 

 

Reconhecer e Valorizar a diversidade e qualidade do trabalho desenvolvido por professores, funcionários e alunos.

 

Discutir com toda a comunidade escolar o processo de implementação do novo estatuto do aluno.

 

Valorizar o papel e o contributo dos funcionários administrativos e dos auxiliares de acção educativa no bom desempenho da Escola.

 

A ESPAA ESTÁ NO MOMENTO CERTO PARA MUDAR !!

O PROJECTO é de TODOS, com TODOS e para TODOS…

 

Assumimos as nossas responsabilidades …, e contamos contigo!!

 

publicado por mudardevidanaespaa às 14:23

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Março de 2008

O INÍCIO

MUDAR DE VIDA NA ESPAA- UM BLOG COM OPINIÕES

 

Este espaço destina-se à troca de ideias, impressões, comentários e análises acerca do dia - a - dia na nossa escola.

Gosta do clima de escola ? Tem conseguido estacionar ? Sabe o que é um dia livre? O seu horário está tão sobrecarregado de tarefas extra-aulas que o dia e a noite já não lhe chegam para fazer o que realmente é importante? Já leu o recente Estatuto do Aluno? 

QUEM SOMOS

Um grupo alargado de professores que gostaria de contribuir para mudar o clima da Espaa.

Queremos fazer parte de uma comunidade que seja consultada e ouvida nas decisões importantes.

Poder decidir se somos escola alinhada  ou se temos opinião. Não somos do contra.  Criticamos a forma como as reformas têm sido implementadas.

Sim, porque a nossa opinião conta! Somos nós que estamos na sala de aula, nos corredores, na secretaria, nos espaços vivos da escola. Sem protecção, ao vivo e a cores. Para o bem e para o mal. Sem nós, não existe sucesso. A Escola são pessoas, não números.A Escola somos todos nós, professores, alunos , funcionários, encarregados de educação.

A partir deste grupo, surgiu um conjunto de 3 professores, que se constituiram como LISTA B, candidata ao Conselho Executivo da nossa escola.

 

 

Participe neste Projecto, faça-nos chegar a sua opinião,  para a sua voz ser ouvida!

CONTAMOS COM TODOS: Vamos mudar a Espaa!

 

publicado por mudardevidanaespaa às 23:36

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

ELEIÇÕES NA ESPAA

Eleições para Conselho Executivo da Secundária Poeta António Aleixo têm duas listas candidatas

 
Foto
Escola Secundária Poeta António Aleixo, em Portimão
 

As eleições para o Conselho Executivo da Escola Secundária Poeta António Aleixo, em Portimão, têm duas listas candidatas, apurou o barlavento.online.

Este acto eleitoral tornou-se necessário com a saída do anterior presidente do Conselho Executivo Luís Correia para o lugar de director-regional de Educação, cargo que ocupa desde o início do mês de Fevereiro.

Ao que o barlavento.online apurou, esta é a primeira vez em anos que concorrem duas listas às eleições para o Conselho Executivo desta escola de Portimão.

Para se saber se as listas serão ou não aceites, hoje e amanhã, dias 3 e 4 de Março, a Comissão de Assembleia de Escola vai verificar se aquelas cumprem os requisitos necessários, nomeadamente quanto aos candidatos.

A 4 de Março serão afixadas as listas, enquanto a campanha eleitoral decorrerá entre 5 e 10, para que as eleições se realizem a 12 de Março.

3 de Março de 2008 | 08:00
barlavento

 

As listas concorrentes têm a seguinte constituição:

 

LISTA A - encabeçada pela professora Isabel Rodrigues, tendo como  vice-presidentes os professores Teresa Grilo e Tierri Sousa.

 

LISTA B - encabeçada pelo professor Luís Dantas, tendo como vice-presidentes  os professores José Camilo e José António Jorge.

 

 

LISTA B: QUEM SOMOS?

 

 

 

 

►LUÍS DANTAS

 

Identificação:

Nome: Luís Filipe Pereira Dantas.

Idade: 46

PQND do Departamento de História - Professor Titular

Tempo de serviço: 23 anos

Habilitações:

Licenciatura em Ensino de História e Ciências Sociais

Mestrado em Sociologia -Variante de Poder e Sistemas Políticos

Formador certificado

Cargos desempenhados:

 

Professor Titular do QND

Delegado de grupo/Coordenador do Departamento de Ciências   Históricas

Director de Turma

Conselheiro do Conselho Pedagógico

Coordenador dos Directores de Turma

 

 

►JOSÉ CAMILO

 

 

 

Identificação:

Nome: José Carlos Silva Camilo.

Idade: 44

PQND do Departamento de Ciências Físico-Químicas – Professor Titular

Tempo de serviço: 18 anos

Habilitações:

Licenciatura em Ensino de Física e Química

Mestrado em Observação e Análise da Relação Educativa

Pós-Graduação e Formação Especializada em Administração Escolar, Administração Educacional e Gestão Pedagógica

Formador certificado

Cargos desempenhados:

Professor Titular do QND

Director de Turma

Delegado de grupo

Conselheiro do Conselho Pedagógico

Sub-coordenador do Secretariado de Exames Nacionais

 

►JOSÉ ANTÓNIO JORGE

 

Identificação:

Nome: José António Lopes Jorge.

Idade: 44

PQND do Departamento de Educação Física e Desporto

Tempo de serviço: 15 anos

Habilitações:

Licenciatura em Educação Física

Mestrado em Psicologia do Desporto

Formador certificado

Cargos desempenhados:

Professor do QND

Coordenador do Desporto Escolar

Orientador de Estágio Pedagógico

Director de Turma

Coordenador de Departamento

Conselheiro do Conselho Pedagógico

 

 

PROGRAMA DE ACÇÃO DE LISTA CANDIDATA AO CONSELHO EXECUTIVO

 

 

Preâmbulo.

 

O presente documento inscreve-se no processo de propositura de lista candidata às eleições para o Conselho Executivo da Escola Secundária Poeta António Aleixo – Portimão -, referindo as orientações genéricas das linhas de actuação previstas, a propôr ao colégio eleitoral.  O presente texto não invalida a posterior apresentação de adendas com esclarecimentos adicionais ou acréscimo de outras linhas de orientação/ actuação da candidatura.

 

PONTO I.

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, adopta como lema “ Educar e Formar num projecto de Partilha e Comprometimento”, em virtude de se considerar enformada pelo espírito da sã convivência e de colaboração profunda entre pares e da imperiosa necessidade de colocar a Comunidade Escolar perante a necessidade de reflexão em torno da diversidade de opiniões e projectos, visando o fim último da satisfação social da Escola e o bem-estar entre todos os seus protagonistas.

 

PONTO II

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se implementar na Instituição Escola Secundária Poeta António Aleixo um clima de assumpção e fomento dos valores de comprometimento, compreensão e escuta activa entre todos os agentes escolares – alunos, professores, funcionários, encarregados de educação e demais intérpretes das relações com a Comunidade Escolar -.

 

PONTO III

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se continuar a trabalhar no sentido da dignificação sócio-profissional da Instituição Escola Secundária Poeta António Aleixo, dos seus alunos, professores, funcionários e demais agentes que se relacionam com a Instituição, assim como no aprofundamento das relações interpessoais entre todos os elementos da Comunidade Escolar.

 

PONTO IV.

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se a contribuir para a redignificação e comprometimento das relações entre pares, assim como da valorização da globalidade dos actores sociais que quotidianamente frequentam e usufruem do espaço sócio-cultural da Escola Secundária Poeta António Aleixo.

 

PONTO V.

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se continuar a trabalhar no sentido da oferta da diversificação e personalização escolares, procurando a implementação de um conjunto de medidas de redução do insucesso escolar e diminuição do abandono escolar, assumindo que os valores do sucesso educativo, da satisfação pessoal e profissional e da realização pessoal se apresentam como dimensões nucleares do processo de ensino-aprendizagem.

 

PONTO VI.

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se continuar a envidar os esforços necessários para a permanente conservação e actualização dos espaços e equipamentos escolares. 

 

PONTO VII.

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se continuar a trabalhar no sentido do aprofundamento das relações com a comunidade envolvente e no aperfeiçoamento das relações com a edilidade e demais instituições, com as quais a Escola Secundária Poeta António Aleixo mantém relações de cordialidade, funcionais, formais ou informais. 

 

PONTO VIII.

A lista candidata, subscrita pelos professores abaixo mencionados, propõe-se implementar um tipo de relação institucional com os órgão da tutela, caracterizada pela cordialidade, compreensão e colaboração, visando a obtenção de um clima de saudável e produtivo compromisso e de um processo de trabalho pautado pela procura do sucesso educativo dos alunos. 

 

 

Portimão, 29 de Fevereiro de 2008 

 

Os Professores Subscritores.

 

Luís Filipe Pereira Dantas

José Carlos Silva Camilo

José António Lopes Jorge.

 

 

 

 OS MESMOS CANDIDATOS...OUTROS TEMPOS

 

 

 

         

 

Sim! Já existiam bandas e o candidato arrasava!

 

 

                         Num momento de inocência...

 

 

 

          

             Tal como nas eleições americanas, a prestação militar dos candidatos deverá ser levada em conta!

 

 

O Romance faz parte da vida!

    

  

Adivinhem quem é o candidato!

Aqui é mais fácil...

 

Esta cara lembra-vos alguém?

 

 

 Sabem quem ganhou o primeiro torneio de ténis da Espaa? (Pista: pertence à lista B)

 É difícil ler, vejam lá se conseguem

 

Muito bem jogado! 

 

 

 

 

publicado por mudardevidanaespaa às 23:22

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|